sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Reforma 2

Fechando Vãos


Conforme o último post, vou mostrar agora a parte mais crítica de minha obra, aquela que inclui reforma na parte existente, com alterações mais incisivas no que já estava construído. Como disse, basicamente consiste em mudanças dos locais de alguns vãos (portas e janelas) e elevação de algumas paredes e oitões.

Hoje foi finalizado o fechamento de um vão, uma antiga porta que não fará mais parte do projeto. Era uma situação delicada pois não quero rebocar essa parede externa e o espaço interno para onde a porta permitia acesso, se tornará um closet.

Fato é que é muito difícil fazer com que desapareça completamente o vestígio de que existiu uma porta alí. Como "fiada sim fiada não" termina em meio-tijolo, não conseguiríamos remover esses meios-tijolos para dar sequência em tijolos inteiros, como seria se estivéssemos construindo essa parede sem o vão. Logo, para fechar o vão, acontecerá a mesma coisa. Veja o exemplo abaixo:


Note que os tijolos em cinza são os existentes, em branco os do preenchimento. Os meios-tijolos em laranja, são os que precisaríamos remover para que fosse colocado no lugar, um tijolo inteiro e assim fazer a sequência correta de uma parede normal. Porém tirar os meios-tijolos de fiadas alternadas, especialmente existindo grout internamente (afinal é comum ter isso antes do vão de cada porta), é tarefa delicada, poderia prejudicar os demais tijolos e acabar complicando mais. Restou então fazer exatamente como no desenho, assentar meios-tijolos (em amarelo) no encontro com os outros da parede antiga, o que causa essa junta contínua (em vermelho) no encontro do novo e o velho. Dessa forma, é fácil notar que existia uma porta alí, mas não tenho escolha.

O resultado disso, pode ser visto abaixo:

O vão a ser fechado:


E foi:


Por dentro:



Acredito que rejuntado e impermeabilizado, vá ficar melhor. Se o tijolo de 30 cm que comprei tivesse realmente 30 e não 29, teria ficado ainda melhor. 

Essa alias está sendo a principal dor de cabeça nossa, tijolos e dimensões diferentes. As vezes até fora de norma. É a crítica que faço aos tijolos solo-cimento (ecológico), eles precisam ser padronizados, com opções de medidas restringidas. Hoje se um fornecedor fecha a fábrica (o que parece ter acontecido com a Gareta, fornecedora do de 30 cm para o antigo dono da casa), você pode ficar na mão se não encontrar ninguém com a mesma medida. Para bater exatamente igual, até a máquina de prensagem tem que ser a mesma, pois qualquer diferença no processo muda a medida do tijolo. É mais uma complicação para reformas e ampliações.






Se desejar navegar por todos os posts sobre o tema Reforma, use os marcadores na lateral direita do Blog e encontrará o marcador: http://www.tijolosolocimento.com.br/search/label/Reforma ;)




5 comentários:

  1. A colocação acabou não ficando exatamente como vc descreveu na sua ilustração, mas acho q se vc na junção usar um rejunte diferente ou até mesmo uma mistura com barro e cimento, só para as junções de meio com meio tijolo, acho q dá pra melhorar bastante, daria um pouco de trabalho, mas como é só uma porta, com uma ou duas horas "brincando" de artesão já melhora bem.
    Uma outra opção bem mais trabalhosa, mas com bom resultado, seria não vc retirar o tijolo todo como citou, mas com a marquita retirar só uma faixa externa de cerca de 1 a 1,5 cm, ai com o tijolo canaleta vc o cortava deixando só a parte externa inteira, parecido com o que vc descreveu q foi feito na laje com a diferença que lá foi um corte na lateral horizontal do tijolo e aqui seria na vertical. Daria um trabalhão, massss, bem menos q refazer a parede e não comprometeria em nada a estrutura.

    Enfim... eu tb sou mto detalhista e quero só ver como é q eu vou lidar com esses imprevistos q aparecem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, exatamente isso que quero fazer. Tentar "igualar" as fendas entre os meio-tijolos para passar a impressão que é um tijolo inteiro. Porém o rejunte tem outra consistência e porosidade, então com certeza será possível notar que houve um "remendo" alí. Mas sinceramente, não é algo que me incomoda, dentro do que precisávamos fazer de reforma, o resultado final ficou muito satisfatório.

      Eu sou igualmente detalhista e sofri muito com isso. Uma obra dessas deixa uma pessoa como nós malucos...é muito detalhe, muita coisa pequena, mas que na cabeça de alguém assim, vira uma britadeira que não dá descanso...rs

      Excluir
  2. Bom dia Wagner,
    Quanto a regulamentação não existe mesmo e ao mesmo tempo tem uma variedade de máquinas no mercado, algumas com regulagens para a entrada de terra, batentes e prensagem e outras máquinas não! A minha máquina eu posso fazer tijolos de 6,25 até 8,00 cm de altura, mas as medidas da forma é de 12,50X 25,00 cm isso é fixo. Outra fator importante e que vários fabricantes não explicam é quanto a qualidade da terra e principalmente a sua umidade do preparo com o cimento para a prensagem, este fator é primordial para a padronização da altura dos tijolos como também na qualidade do produto ( menos quebradiço,etc)
    É muito importante fazer uma boa pesquisa como vc fez antes de comprar os tijolos, pois a vantagem que falam que uma obra pode ficar de 30 a 40% mais em conta tem a ver com o projeto inicial sem mutas mudanças e na qualidade do produto acabado.

    ResponderExcluir
  3. Penso que poderia ter feito só as faces...colocar um meio ao lado do meio, para corrigir a sequência... E arrancar as faces...colocado uma face inteira no lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa idéia. Em um local, tivemos que trocar o espelho do tijolo e nem parece que foi mexido.

      Mas nessa porta aí, depois de rejuntada, ficou legal...quem não for detalhista, não percebe que havia uma porta.

      Excluir