TERRAMAX Capacitação e Treinamento

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Dica do Dia - 12/02/2013

Dicas Rápidas e Úteis - Cobranças Sob o Projeto


Seguindo a prática das dicas periódicas, a dica de hoje é sobre o projeto. Muito embora possa soar mais do mesmo, uma vez que já abordei o tema no post Executando o Primeiro Passo: O Projeto, acredito que valha o reforço: jamais comece uma obra de alvenaria estrutural sem um projeto completo, claramente entendido pelos envolvidos e considerado como regra e premissa para tudo que se for feito na obra.

Para não ficar repetitivo, recomendo a leitura do post citado acima, que trás um aprofundamento maior sobre o tema, porém é muito importante que fique claro a necessidade do projeto e as implicações de não segui-lo, ou pior, de ter um projeto ruim nas mãos. A questão estrutural é muito importante e deverá ser definida pelo projeto. Quais grouts, a dimensão (que bitola de ferragens utilizar) e localização deles, quantas cintas de amarração, igualmente o dimensionamento das mesmas e as ocorrências de cada uma delas ao longo da alvenaria (altura) é algo tão ou mais importante que a qualidade do tijolo ou a competência do pedreiro. Nisso é que terá base a segurança e durabilidade de sua casa e seguir o projeto dimensionado pode ser a diferença entre ter ou não problemas estruturais em sua obra.

Acredite, você não vai querer ter problemas estruturais em uma casa quase que toda construída. Acredite também, os problemas estruturais não aparecerão no momento em que será fácil detecta-los e corrigi-los. Surgirão quando toda a estrutura estiver completa, quando as paredes receberão peso da laje e do telhado, quando você decidir equipar a casa e fincar moradia.

Eu posso afirmar sem sombra de dúvidas que se o pedreiro tivesse observado todos os detalhes da planta, não teríamos tido problemas que tivemos e ilustrei aqui. Simples assim. Se alguns dos grouts tivessem sido devidamente respeitados e as cintas construídas como se prevê (de canto a canto), problemas como o que tive no vão da sala e na parede do "V", não aconteceriam. Quando isso acontece, esgota-se a paciência, desperdiça-se tempo e dinheiro e num eventual problema mais sério, as consequências podem ser ainda mais drásticas.

A sua responsabilidade é obter um projeto de boa qualidade e detalhamento técnico. A responsabilidade do construtor é usar aquilo como bíblia da sua obra e jamais distanciar-se daquilo sem um motivo muito bem justificado e discutido com o responsável pelo projeto.

Quando cedeu o vão da janela da sala
A cinta de amarração não foi feita de canto a canto da parede, como é obrigatório que seja
Aqui o "V", onde se repetiu o problema acima, a cinta de amarração incorreta e ineficiente

Fiscalize, inspecione, questione, cobre...o maior interessado na qualidade e segurança do que está sendo feito é você, nenhum arquiteto, engenheiro, administrador ou empreiteiro terá maior interesse do que você, sobre tudo isso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário