quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Proteção do Madeiramento

Polisten ou Stain


Já havia dito no post Forro, Ripas e Verniz sobre a decisão de usarmos impregnante ao invés de verniz, pois esse confere maior proteção a madeira, além da beleza. É de fato um produto caro, mas que se mostrou muito útil e adequado ao propósito que tínhamos. A questão de proteção se comprovará com o tempo, mas o resultado estético era exatamente aquilo que desejávamos: padronização da cor do madeiramento, manutenção da rusticidade e aspecto acetinado.

Eu particularmente não queria como resultado madeiras brilhosas, aparentando o tratamento dado. Queria manter as fibras da madeira, seus veios e marcas na superfície aparelhada  perceptíveis, sem aquela camada de verniz que reflete o brilho e diferencia do natural. Acredito que se tivesse utilizado o impregnante incolor, isso ficaria ainda mais ressaltado e notável, porém acabei escolhendo um tom escuro de impregnante (ipê) para destacar o madeiramento ante a cor ocre/barro do tijolo. O madeiramento em Cupiúba é chamado também de Peroba Rosa e não a toa. A madeira é levemente rosa e se aproxima muito da cor do tijolo. Nas fotos do madeiramento cru dá para notar essa semelhança e eu precisava quebrar esse padrão. Com a coloração ipê no impregnante, o resultado foi alcançado, muito embora possa ter escurecido os ambientes onde há o forro de madeira.

A pintura foi feita usando compressor e em duas demãos. Foram utilizadas 12 latas de 3,6 litros, para aproximadamente 280 m² de telhado e 66 m² de forro de cedro longo. Creio que só precisaremos voltar a mexer nisso daqui a 3 ou 4 anos, de acordo com o fabricante.

Eis os resultados nos forros de cedro:

Sala

 



Mezanino




Nas fotos fica um aspecto avermelhado, mas as fotos da sala demonstram com mais fidelidade o tom dessa coloração ipê.

Com o fechamento das tabeiras entre as paredes e as vigas, a luminosidade deve diminuir ainda mais, mas não vejo isso como problema. Com esse tom no forro de cedro, permitirei brincar com a iluminação nesses ambientes e tentar alcançar o bom gosto e requinte da minha própria forma. 

Madeira ajuda muito nisso, um pequeno detalhe e se consegue ótimos resultados. Além disso, temos que fazer valer o alto investimento nesse madeiramento, a madeira faz parte da identidade e temática do projeto e terá sempre destaque na arquitetura da casa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário