quinta-feira, 12 de abril de 2018

5 Anos!

Enfim ou É Fim?!


Muito simbólica essa data que tenho o costume não deixo passar em branco. Muito conveniente também para decretar: é fim das obras, casa terminada, finalmente posso parar de chamar de obra e passar a tirar proveito de tanto sofrimento e dedicação! \o/

Se exatos 5 anos atrás quando iniciamos as obras, alguém me contasse que somente lá no longínquo 2018 eu iria finalizar aquilo que acabará de começar, com certeza eu não teria dado sequência naquela ideia maluca. Se me contassem em detalhes tudo que eu iria passar, todas as dificuldades com dinheiro, todas as intensidades e desgastes, todo tempo consumido, absoluta certeza que eu nunca teria embarcado nessa.

Veja, isso não quer dizer que não valeu a pena. Mas só passa a valer a pena de verdade quando você de fato conclui e conquista seu objetivo. Até lá é um exercício de imaginação e esperança. Você imagina que vai valer a pena, projeta isso, supõem e assume como verdade para se manter motivado. Você espera que tudo irá acontecer dentro dos limites da sua imaginação (ou do tolerável) e que irá suportar até o fim. É uma aposta, não tem outro caminho, você precisa acreditar e perseverar, como já disse aqui várias vezes.

Nós perseveramos. Com muita determinação e foco, resistimos e chegamos ao final de uma batalha cansativa mas recompensante. É um orgulho enorme olhar para tudo aquilo que construímos, sobre todas as desconfianças, medos e dificuldades. Demorou, mas fomos além do planejado no passado. Os resultados obtidos também nos levam além do imaginado, ficou muito melhor do que nossos melhores sonhos.


06/10/2012

13/04/2018

Agora sim, enfim posso começar a tirar proveito de todo esse sonho iniciado em 06/10/2012 com a aquisição da casinha documentada em Iniciando os Trabalhos, todo o desgaste com planejamento que disparamos desde o momento em que percebemos que encarar o problema e dar uma solução definitiva era o melhor a ser feito. E foi feito, bravamente e insistentemente executado! Foram longos 60 meses na expectativa por esse dia, na angústia de se atingir todas as metas parciais e o objetivo final, no sofrimento por todas as dificuldades, receios e dúvidas que um sonho dessa envergadura suscita. Mas isso é passado, história e lições aprendidas. Agora tudo o que queremos é comemorar e aproveitar

Para fechar o tema metas parciais e objetivos, um panorama atualizado do que atacamos nesse interim:

Executado:

  • Terraplenagem - 03/11/2012 a 13/03/2013;
  • Compactação/Nivelamento do Terreno - 12 a 30/04/2013;
  • Fundação - 04 a 23/05/2013;
  • Primeira Fiada - 03 a 06/06/2013;
  • Hidráulica e Elétrica -13/05 a 28/06/2013 
  • Altura de Contra Verga (1,10 m) - 18/06/2013;
  • Altura de Verga (2,20 m) - 03/07/2013;
  • Fechamento de Vãos e Escoras - 05/07/2013;
  • Montagem da laje (treliças e lajotas) - 20/07/2013;
  • Respaldo, amarrações e preparação para concretagem da laje - 28/07/2013;
  • Concretagem da laje - 30/07/2013;
  • Oitões e colunas - 16/08/2013;
  • Reforma Casa "Antiga" (Mudança de Portas e Janelas) - 10/09/2013;
  • Telhado (Madeiramento OK) - 11/09/2013;
  • Telhado (Telhas) - 24/09/2013 ;
            (pausa)
  • Rejunte da alvenaria e Impermeabilização- 07/05/2014;
            (pausa)
  • Massa de Regularização - 28/10/2016;
  • Revestimento - 23/11/2016;
  • Gesso - 22/12/2016;
  • Canil - 10/01/2017;
            (pausa)
  • Colocação de Esquadrias - 13/03/2017;
            (pausa)
  • Grade - 28/10/2017;
           (pausa)
  • Elétrica - 02/12/2017;
  • Louças - 27/01/2018;
           (pausa)
  • Gramado - 03/03/2018;

Planejado/Pendente: 
(Porque ninguém vive sem metas)

  • Armários, móveis e interiores;
  • Iluminação;
  • Paisagismo;


Irei documentar cada etapa dos itens acima que ainda não foram compartilhados. Tem bastante material registrado em fotos e conteúdo interessante para demonstrar. Números, estatísticas e valores também estão em pauta. Sigo na busca do objetivo de tornar esse Blog completo!

Assim ficaram os panoramas em evolução:

(montar panoramas em evolução nos dois pontos de vista)




Nunca desistir, sempre acreditar, com foco e determinação, perseverar!


13 comentários:

  1. Wagner, parabéns pela conquista, se a sua demorou 5 anos a minha deve demorar 10... não deixe o blog acabar pois serve de referencia para que quer utilizar o tijolo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José, obrigado!

      Com certeza isso não vai acabar, ainda tem bastante conteúdo interessante a ser publicado.

      Abraço!

      Excluir
  2. Eu e meu esposo estamos pensando na possibilidade e viabilidade de construir com o tijolo ecológico. Mas pesquisando sobre, fiquei com muitas dúvidas, principalmente a respeito do valor, se este ao final seria viável financeiramente. Moro no Paraná, mais precisamente em Santo Antônio da Platina. Aqui há uma empresa prestes a começar no ramo de fabricação desse tijolo, o preço por milheiro o empresário estima em 900,00 reais, ainda não deu certeza.. quantos você pagou onde mora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jamilla,

      O preço é por aí, entre 800 e R$1000,00 o milheiro do tijolo inteiro. É um tijolo mais caro que os convencionais, mas a economia poderá ser anotada em materiais básicos e etapas de acabamento como reboco, se optar por deixar a vista.

      Em breve devo apresentar meus custos e ficará mais claro qual foi minha realidade nesse projeto. Minha situação é positiva, tive economia e consegui tirar proveito do sistema construtivo, mas como coloco em vários posts, isso depende de projeto para projeto e precisa ser muito bem pensado para maximizar as vantagens.

      Excluir
  3. Wagner, boa noite.

    fico me perguntando o porquê de levar 5 anos para terminar a obra.

    Pelo visto é um projeto grande e ousado

    seria este o motivo? uma residencia de tamanho considerável?

    poderia citar outros por favor. (trabalho, pesquisas sobre o tijolo, trabalho, clima?)

    visto que uma das vantagens do tijolo é a agilidade na construção.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Altair,

      Nada disso, não tem nada de dimensão ou ousadia. Só teve um detalhezinho, quase nada, a falta de DINHEIRO...rs

      A obra ficou parada anos e anos, a casa foi levantada em 2 meses, mas levei anos para conseguir fundos para concluir, promover os acabamentos, etc.

      Havendo dinheiro de sobra, teria colocado tudo tudo tudo pronto em no máximo 6 meses, sem medo de errar. E tudo que eu falo é tudo mesmo: da fundação ao jardim/gramado.

      Excluir
  4. Você vai fazer um post detalhando os seus gastos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, devo isso! Preciso de tempo, compilar com calma meus números sem me expor demais e também sem deixar de passar a realidade do meu projeto em adição a tudo isso que detalhei aqui.

      Mas infelizmente por força das circunstâncias, virou meta para 2019...rs em 5

      Excluir
  5. Wagner parabens pelo seus dois trabalhos,a casa e o blog ,oque realmente sinto é nao ter achado seu blog antes,ja estou com 4 anos de obra e realmente conheci todos os pros e contras do nosso amigo TIJOLOSOLOCIMENTO,pois como a mao de obra é muito cara,dificil e duvidosa resolvi por a mão na massa e fazer eu mesmo,tudo bem que são so 33 metros quadrados mas realmente deu para sentir como é trabalhar com este material ,gratificante pois vc mesmo vê o resultado do seu trabalho e ao mesmo tempo desgastante pois o mercado e os fabricantes nao procuram solućões para este tipo de material so interessa vender o resto vc que se vire esta é a maior desvantagem do produto o resto é uma aventura sem prescedente ,paranbens pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!

      Com certeza o mercado tem a evoluir na formação de massa crítica e preparação melhor da mão de obra, para evitar desenganos, evitar que maus profissionais prejudiquem o sistema e buscar fornecedores que ofereçam soluções completas!

      Eu estou me preparando para assumir esse papel. Novidades a caminho!

      Excluir
  6. Também construí minha casa inteira em tijolo ecológico. O tijolo em si tem boa qualidade, mas a escassez de mão de obra qualificada, e o pesadelo que foi lidar com essa mão de obra, ainda que indicada pelo fornecedor dos tijolos, me faz pensar seriamente se faria tudo novamente. É diferente por exemplo de uma construção seca em steel frame, em que a empresa é responsável pelo material, projeto e execução. Com o tijolo ecológico o fornecedor de tijolos indica os possíveis prestadores de serviços e resta torcer para não ter problemas sérios com esses prestadores como tivemos, pois a empresa que vende os tijolos não vai se responsabilizar por quem indicou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão! Como não temos uma rede de mão de obra realmente sólida, fica esse risco de indicar alguém que não prestará um bom serviço e prejudicará a qualidade da obra e a visão que se tem do sistema.

      Como disse acima, estou em busca de proporcionar soluções completas para construção com o tijolo ecológico e acredito que se todo fornecedor e profissional envolvido fizer o mesmo, mudamos o jogo!

      Excluir
  7. Wagner, é uma pena que vc parou de dar continuidade ao blog, gostaria de saber como está sua casa hoje, quais foram as melhorias e como vc observou a construção ao longo do tempo. vc ainda está com algum trabalho informativo, blog, face ou instagram ?? nos mande para podermos ter novidades.

    ResponderExcluir